Já se pesaram?

Em 26 dez 2018


Melhor não, né? Desculpe o incômodo, mas depois do Natal é impossível não tocar no assunto. De qualquer forma, não há nada que me irrite mais do que aquela história de que “não importa o que você come entre o Natal e o Ano Novo, mas sim entre o Ano Novo e o Natal.” #ódio

Já comeu todas as passas que tinha direito? As castanhas também, né? E as rabanadinhas, quantas este ano? Bacalhau, frutas secas (isto pode!), pernil pra quem gosta, bolinhos, sobremesas… Quem resiste? Eu não resisti, pronto falei!

E o pior não é isso: vinho, prosecco, cerveja gelada… Ai, ai, como é bom! E como é que lida com isso depois? Se desfazendo na esteira, sua louca! Claro! Enfiou o pé na jaca, no dia seguinte abraça o diabo! Este é o meu lema! Traduzindo: arque com as consequências!

Recebi um meme sensacional, que obviamente não sei de quem é a autoria, por isso não vou colocar créditos, mas que dizia que “Natal é pra beber bebida alcóolica sim, porque Jesus não transformou água em vinho pra você beber coca-cola no aniversário dele!”

Tá vendo?

Bebidas à parte (melhor momento da festa, diga-se de passagem!) tem gente que só volta pra academia no ano que vem! Eu prefiro já fazer o álcool evaporar no dia seguinte: hoje, às 6:30 da manhã eu já estava lá, sofrendo!

Claro! Afinal ainda tem o Réveillon! Oh, Glória!

Por aqui, continuamos firmes e fortes! “Fortes” no sentido real da palavra, depois da ceia. E já que não importa o que você come entre o Natal e o Ano Novo, como dizem os especialistas, vamos arregaçar no Réveillon e comer até o ano que vem!

Boas festas!

Bjs!

By Andrea Nascimento

Siga: @andreanascimentoficial

Deixe seu comentário