Menos ranço, por favor!

Em 21 ago 2018

Com tanto ódio circulando por aí, encontrar uma equipe de apoio e suporte feminino é um achado! Falo daquele grupo de mulheres, que não precisa ser muito grande, mas que você sabe que pode contar pra dar aquele up na autoestima ou até mesmo uma chamada para a realidade! Em tempos de ranço, quem tem apoio é rei!

Aliás, que ranço desta palavra “ranço”! Tudo agora é ranço! “Tenho ranço de fulana!”, “Beltrana tem ranço de quem não faz depilação!” É ranço até estampado em camiseta! Eu já vi! No meu tempo, ranço era só pra aquele queijo que já tinha passado da validade e que a gente não queria mais comer.

O fato é que quando a gente encontra aquele grupo de amigas ou colegas que genuinamente comemora as suas conquistas (sem ranço!), que te dá um apoio moral quando você precisa, que se interessa pelo que você está fazendo, que troca experiências abertas com você, aí sim temos um tesouro!

Eu tenho! Algumas amigas no plano físico, que já me aturam há muitos anos (!) e também alguns grupos virtuais onde o apoio e a sororidade são mais reais que muita gente de carne e osso. Ficou parecendo sessão espírita, né? Mas não é isso, não, calma!

Sim, minha gente! Estou falando de SORORIDADE! Palavra da moda, sim, mas que deveria ficar entranhada na nossa cabeça como aquele vestidinho preto básico que NUNCA sai de moda!

Por exemplo: faço parte de um grupo no Whatsapp das “Amigas Advogadas”. É um grupo de advogadas talentosíssimas do Brasil todo (mais ou menos 40 atualmente), no qual nós trocamos experiências profissionais, notícias de todo tipo e nossos anseios como mulheres que trabalham e dão duro para vencer num mundo machista como o que vivemos! É muito top! Também tenho um grupo na academia, no qual nos damos força pra malhar e manter a saúde às 7h da manhã todos os dias, mas com direito a algumas saídas para uns bons drinks de vez em quando, porque a gente não é de ferro! Neste fim de semana fui para São Paulo fazer um workshop muito especial, no qual o empreendedorismo realizado por mulheres estava no centro da questão e foi ma-ra-vi-lho-sa a troca!

Enfim, com tanto ranço circulando por aí, é muito bom saber que a gente pode contar com um espaço de expressão, esteja ele onde estiver, no qual a sororidade e o suporte feminino são exercitados com empatia e bem longe de críticas! Já falei que sem ranço, amiga, sem ranço!

E você? Tem algum grupo de amigas, seja, virtual ou físico, no qual você se sinta livre pra trocar experiências? Se não tem, saiba que o Deu a Louka está aqui aberto pra isso! Me manda um e-mail ou um direct pelo Instagram pra gente conversar. Tá aí em baixo! Seja bem-vinda!

Bjs!

By Andrea Nascimento

Siga: @andreanascimentoficial

E-mail: contato@andreanascimento.com

 

 

Deixe seu comentário