Não estimula o lado negativo, não!

Em 17 maio 2016

nao estimula

Em um salão de beleza…

_ Hoje o esmalte vai ser de qual cor?
_ Não sei… Tô numa dúvida.
_ Tem esse novo aqui. É um tom verde, meio rosa, quase cinza.
_ Oi?! Pra quem está na dúvida, com certeza essa é uma cor muito estimulante…
_ Desculpa, tô sem meus óculos… (Põe os óculos) Na verdade, é meio laranja.
_ Faz o seguinte: põe logo esse preto e encerrou o assunto! Não estimula meu lado negativo, não!
Fim.

Uma vez estava em um salão fazendo unha (sim, mulheres fazem isso, mas se não quiserem, não precisam) e ouvi a seguinte frase de uma cliente: “não estimula o meu lado negativo, não!” Traduzindo: ela não queria ser importunada. Achei a frase fantástica, porque, de fato, cada um tem coisas boas e ruins dentro de si, “lado bom” e “lado mau”. Coloco entre aspas porque o que pode ser bom pra um, pode ser mau pra outro e vice-versa.
Ser educada e vestir-se bem para uns pode ser sinônimo de elegância. Pra outro, pode ser sinônimo de futilidade (a patricinha, por exemplo). Ou seja, agradar a todos é mesmo impossível.

A minha websérie “Deu a Louka no Zodíaco”, por exemplo, fala basicamente sobre características bizarras dos signos do zodíaco, tidas como negativas, ou seja, o lado negativo dos signos. Uns podem concordar, outros não, mas basicamente, cada um possui seu lado negativo e seu lado positivo e ambos podem ser estimulados a depender do momento. A TPM está aí pra demonstrar isso. O futebol também. A política, então, nem se fala!

As novelas e os novos roteiros de cinema atuais mostram muito bem estas modulações humanas de humor e personalidade: hoje em dia os vilões não são simplesmente pessoas más que o tempo todo praticam maldades e odeiam crianças. Atualmente eles têm sentimentos, eles são carinhosos com algumas pessoas, eles têm o seu lado negativo estimulado porque tiveram uma história que fomentou este lado. Cabe ao autor fazer um apanhado psicológico consistente para embasar sua escolha e apresentá-la ao público. Aquele filme “Malévola”, com a Angelina Jolie, é um grande exemplo atual.

E o que estimula o seu lado negativo? O que estimula a sua raiva, o seu ódio, a sua defesa diante de uma insegurança? Afinal, somos humanos! Pra mim, qualquer tipo de injustiça contra os mais fracos, sejam animais ou humanos, estimula e muito o meu lado negativo. Falta de educação também, pois não custa nada falar bom dia, boa tarde e com licença. Ah, e o calor! Calor também estimula o meu lado negativo! Não me dirija a palavra no verão, pois no calor a minha resposta vai ser gelada! Basta de temperaturas elevadas! Quero neve! Resumo: no verão, não estimula o meu lado negativo, não!

Deixe seu comentário