Propósito!

Em 1 abr 2019


Propósito! Substantivo masculino e palavra da moda nas rodas de conversa mais engajadas. Pode ser visto como diversas coisas: uma intenção, um projeto, a visão de uma empresa… Aqui, a gente prefere dizer que é o real objetivo de vida de um sujeito simples qualquer. Muita loucura pra sua cabeça? Então segura a onda, porque a coluna desta semana vem profuuunda… Calma, que nem tanto.

Fui à palestra da Suzana Pires esta semana, a super atriz, colunista, roteirista, empresária (vocês sabem que eu me identifico com este povo multitarefas por questões óbvias, né?) e a palavra “propósito” não me sai da cabeça!

Livros? Já corri atrás pra ler. Conteúdos na Internet? Também! Stories no meu Instagram? Óbvio! Quando eu cismo com uma coisa, fico obcecada! Bem geminiana!

Mas por que esta loucura toda? É que a palestra era sobre empreendedorismo feminino, algo extremamente presente no meu dia-a-dia e no de muitas mulheres. E todo mundo sabe que mulher que empreende pode surtar em algum momento. Calma, não me xingue! Eu explico: é que a gente faz tanta coisa e tem tantas tarefas, além da jornada dupla (ou tripla!), que fica difícil não dar a louca de vez em quando.

A Suzi, inclusive, disse que existem alguns perfis que as mulheres empreendedoras (donas de si, nas palavras dela) podem se encaixar. Tipo: a ansiosa que é muito realizadora, mas que esquece um pouco da vida social; a talentosa que não se vê trabalhando com outra coisa além do que gosta, mas que tem pouca iniciativa; a controladora que é extremamente competente, mas que lhe falta coragem pra se arriscar e mostrar a cara, e por aí vai.

Tá, mas e o propósito? Calma, eu sei, que este texto é sobre propósito! Não estou perdendo o foco não, nem o propósito! É que geralmente estas mulheres que empilham vários pratos ao mesmo tempo têm dificuldade em ligar o botão do “Foda-se”. E, geralmente, segundo a Suzi, quem não consegue praticar “a sutil arte de ligar o foda-se” é geralmente quem não está com o seu propósito muito claro. Ou seja: quem sabe muito bem o que quer, amiga, não liga muito pra uma piada fora de hora ou para uma indireta maldosa. Ela simplesmente pratica o poder libertador do foda-se e segue a sua vida! Afinal, não sei se já te contaram isso, mas o foda-se liberta, tá?

Mas como uma palavrinha tão mágica, que pode ser tão ofensiva, tem o poder de libertar? Simples: não importa o que aconteça, você sabe o seu real objetivo, você sabe quais são os seus valores e você continua a caminhada independentemente do que possam falar de você, independentemente dos problemas que possam acontecer. Tá ligada que problemas podem ser incontroláveis de ocorrer? Mas a maneira com a qual você lida com eles, ah, minha amiga, esta você escolhe!

Chega! Já falei muito foda-se hoje! Vamos mudar de assunto! Mas se você ainda não assistiu ao vídeo do Canal Deu a Louka sobre o poder libertador do foda-se, te convido a ver o vídeo na íntegra clicando aqui!

Liberte-se, amiga! O segredo do sucesso está nas suas mãos! Se joga!

Eu disse que ia ser profuuuundo…

Bjs!

By Andrea Nascimento

Siga Andrea Nascimento no Instagram: @andreanascimentoficial

Acesse e se inscreva no Canal Deu a Louka no YouTube! Clique aqui!

Quer falar comigo? Manda um e-mail pra mim: andreaalvnascimento@gmail.com

Deixe seu comentário