Sobre fazer o que é possível!

Em 18 set 2018


Sabe aquele momento em que bate um desespero? Que você acha que assumiu compromissos demais? Aquela parte do jogo que você fala que não quer mais brincar? Calma! Faça apenas o que é possível e tá tudo bem! Não sai dando a louca por aí não, menina!

Tem momentos que a gente acha que colocou o sarrafo muito alto pra conseguir pular, não é? Afinal, a gente não é nem atleta profissional pra conseguir pular tão alto assim! Deixa isso pra Yelena Isinbayeva. Putz, me lembrei que ela já se aposentou… Tá vendo, até ela soube a hora de parar!

Assumir muitos compromissos é coisa bem feminina mesmo, né? No fundo, no fundo a gente sabe que é capaz! A gente sabe que pode fazer mais e, muitas vezes, a gente não quer delegar porque também sabe que não vão realizar a tarefa do jeito que a gente gosta. Mas e quando dá tilt?

Quando dá tilt, a gente tem que baixar o sarrafo, amiga! Simples assim! A gente tem que dizer “ok, eu só consigo ir até aqui, a outra parte eu faço depois”. E isso não significa procrastinar. Não faz a louca porque não tem problema nenhum nisso. Planejamento é sempre importante, mas sempre têm umas variáveis que a gente não controla. Daí a importância de saber o nosso limite, entende?

Muitas metas de uma vez só, muitos compromissos numa semana só, muita coisa pra fazer de uma só vez… CALMA! Não vai aparecer com burnout, senão você não consegue ler a coluna até o fim e a tia aqui fica triste… rs

O que eu quero te dizer é que não tem problema nenhum em de vez em quando pedir ajuda aos universitários ou delegar suas tarefas ao coleguinha. É normal. Você não vai ser menos forte do que é por causa disso, nem vai ser menos competente: você só vai fazer o que tem que fazer de forma mais organizada e, consequentemente, melhor! Isso é saber se organizar! Produtividade ninja, meu bem! Yesss!

Você acha que eu aqui, de vez em quanto, não dou uma pirada? Ora, bolas, faz-me rir! Porque você acha que o Blog e o Canal se chamam “Deu a Louka”? O “K” veio só pra dar, digamos, um charme, é verdade, mas dar a louca de vez em quando e cancelar algum compromisso que você pode fazer depois, ou pedir para o seu marido fazer uma tarefa por você porque você precisa tomar aquele chocolate quente naquela padaria nova pra relaxar é normal! Aliás, é essencial!  Dar a louca é normal, meu amor! Dar a louca é vida!

Profundo, agora, hein? Profundo? Tá vendo? Deu a Louka também é cultura!

Entendeu o meu recado? Sim, porque a gente adora a Mulher-Maravilha (eu amo!), mas a gente não precisa ser heroína o tempo todo, não é mesmo?

Então, respirou? Esvaziou a mente? Entendeu agora? Então vai lá e baixa o sarrafo, amiga! Vai lá! Baixa que você vai conseguir pular sem quebrar a perna! Faça o que é possível! Faça o que estiver ao seu alcance! Mas faça agora! E não se esqueça de dar a louca de vez em quando, porque, afinal, a gente não é obrigada!

Bjs!

By Andrea Nascimento

Siga: @andreanascimentoficial

Quer falar comigo? Manda um e-mail pra mim: contato@andreanascimento.com

 

Deixe seu comentário