Sorry, Brigitte.

Em 2 set 2019


O que dizer quando um episódio vergonhosamente diplomático passa a ganhar status no mundo todo? A web grita e as hashtags assumem o seu papel. E é assim que deve ser mesmo. No entanto, o que mais me aborrece nisso tudo é o fato de uma mulher envelhecer e isto ainda ser considerado um crime. Principalmente no Brasil…

Sim, no Brasil é crime uma mulher envelhecer. Enquanto ela é novinha, bonitinha, magra, sem rugas e sem manchas, ok, ela pode. Mas depois que os filhos vêm, que a cintura engrossa e que a lei da gravidade se instala, ferrou.

E no Brasil, parece que a pressão é ainda maior: as altas temperaturas e o calor quase que incessante nos obrigam a mostrar mais os corpos (senão a gente frita!), o que gera uma maior valorização pela magreza e por músculos mais recortados, preferencialmente sem rugas, já que o conjunto da obra é naturalmente mais visto. Junte-se a isto o fato de que a população em geral possui baixos níveis de escolaridade: ou seja, muita gente só consegue ver o que está na superfície, ou seja, a aparência. E o que está nas entrelinhas, isto é, o jeito de alguém pensar, falar e se expressar, a inteligência, o intelecto as ideias… Isso tudo fica em segundo plano. Ou seja, o mundo é das novinhas. Juntos e shallow now!

Talvez isto explique o filão da cirurgia plástica aqui no Brasil: nosso país é um dos maiores polos deste tipo de cirurgia no mundo. Pessoas de todo o planeta vêm até o Brasil para serem operadas por nossos médicos, que são imensamente competentes mesmo, muito porque a demanda é grande e os mais especializados saem na frente.

E por conta da valorização excessiva da beleza, vem o machismo: homem muito mais velho casado com mulher nova é status; homem mais novo com mulher mais velha é ridículo, porque está sendo sustentado. É o que dizem por aí. Que triste. Quanto preconceito!

Ou seja: quer dizer que um homem jovem, bonito e inteligente (e ainda presidente de uma nação!) se interessar por uma mulher mais velha é um crime? Já um homem de baixo intelecto, mais velho, com uma mulher bem mais jovem, é normal. Ah, tá… entendi.

Então uma mulher madura e culta que se casa com um homem também culto, mais jovem e bem resolvido não pode? Já o contrário é bacana? Triste mais uma vez.

Por isso a hashtag #sorrybrigitte ou #desculpebrigitte tomou a Internet de assalto, se posicionando contra os ataques direcionados à primeira dama francesa na semana passada. E ela, muito elegante, ainda agradeceu em português pelos atos de solidariedade.

Lembrando que bom senso e diplomacia não fazem mal a ninguém, tá? Ah! E pra quem concorda com tudo o que foi dito sobre a primeira dama francesa, espero estas pessoas, nas próximas férias, esqueçam Paris como destino, assim como seus vinhos, queijos e museus maravilhosos. Alguns países do Oriente Médio, onde mulheres, infelizmente, ainda são mortas a pedradas em praça pública, talvez sejam locais mais adequados para curtir as férias. Fica a dica.

Ai, meu Brasil… Que triste.

By Andrea Nascimento

Siga Andrea Nascimento no Instagram: @andreanascimentoficial

Acesse e se inscreva no Canal Deu a Louka no YouTube! Clique aqui!

Deixe seu comentário