Travessuras?

Em 31 out 2017


31 de outubro lembra o quê? Tá bom, Halloween. E Halloween lembra? Filmes de terror! Sim! Freddy Krueger, Sexta-Feira 13, O Exorcista, O Sexto Sentido… Como eu adorava ver filmes de terror quando eu era criança! “Adorava” no pretérito imperfeito mesmo, porque agora… #medo

Alguém aí se identifica?

Posso dizer que esta época de horrores ficou pra trás! Não sei se fiquei medrosa mesmo ou se passei a ter consciência do que estas histórias sempre significaram, mas passei a odiar ver filmes de terror depois de adulta. Minha mãe não entende nada, porque quando eu era criança ia à locadora (sim, eu sou desse tempo!) e só me interessava pelos filmes com capas macabras e fotos sinistras! Hoje em dia, pra encarar um filme de terror só acompanhada e de dia! E mesmo assim de luz acesa!

Sexo frágil é o c*****o, parafraseado a coluna da semana passada! Conheço muito homem grande por aí que tem medo de barata e que não pode ver uma máscara do “Pânico” que já sai correndo. “Pânico” o filme, e não o programa, amor. Ok, isso aqui tá muito anos 1990, mas a barata, ah, esta é universal! Existe desde o tempo das cavernas (ou pelo menos deve existir, né?).

Vi a primeira versão do palhaço “IT” com gosto por volta dos nove anos de idade e ainda falei que o final era sem graça porque ele virava uma simples aranha! Uma aranha! Um absurdo! Pergunta se já fui ver a versão nova do filme? Com aranha ou sem aranha, você foi? Eu também não.

Um filme recente, o “Corra!”, me chamou a atenção porque, a princípio, seria um terror psicológico, mais refinado, cult. Pensei “ok, este vai dar pra ver sozinha, numa boa”, afinal, não tem fantasma, né? Sim, porque o meu problema é com fantasma. Li a sinopse e desisti. Já fiquei impressionada.

Só sei que essa história de “medo” é quase que um giro 360°! É quase o medo de ter medo. Você sabe que ao ver um filme desses vai morrer de medo, daí não vê. Aliás, tudo bem ter medo, pois ele te tira de várias furadas durante a sua vida. Por exemplo, hoje em dia ter medo de sair à noite no Rio de Janeiro com certeza me tira de várias enrascadas. Mas o medo, de fato, não pode chegar a paralisar. Tipo, você pode assistir um filme de terror, afinal não é nada demais, é dramaturgia, de mentirinha, são atores, que besteira… Ok, vamos mudar de assunto? Que tal o filme da Mulher Maravilha? Piratas do Caribe? Meu Malvado Favorito? Deixa pra lá.

Mas o caso é que nesta semana de Halloween, falar sobre filmes de terror é quase uma redundância, pois eles são reprisados à exaustão na TV! Também sempre tem um lançamento para assustar no cinema. E o Deu a Louka resolveu fazer uma homenagem aos clássicos do terror. Qual o seu filme de terror favorito ou mais temido?

Eu confesso que, do meu tempo de criança, quando eu ainda assistia filmes deste gênero, “O Exorcista” me marcou. Aquela cabeça girando… Melhor mudar o foco e pensar em outra coisa mais leve. Torcendo pra chegar logo o feriado.

Happy Halloween!

Imagem: Freepik

Deixe seu comentário