Um sol pra cada um!

Em 14 jan 2019


Não adianta! Sempre que chega esta época do ano, eu tenho que tocar neste assunto: calor! É mais forte do que eu! Não consigo lidar com isto! Eu não me contenho! Aliás, o que poderia se conter mesmo são estes 47 graus de sensação térmica no Rio de Janeiro! Pode ligar o ar-condicionado?

Eu sei que todo ano eu toco no assunto, mas é porque de dezembro até meados de março não tem muito o que fazer: sol escaldante, calor que frita ovo no asfalto, idoso dando entrada na emergência com falta de ar e até os animais sofrendo! Soube de 2 que morreram de hipertermia na semana passada, tadinhos.

Eu sei que o povo gosta. Ou melhor: adora! Vivo a duas quadras de uma das praias mais famosas do mundo e basta botar a cara pra fora do prédio que uma multidão se encarrega de me atropelar com cadeiras de praia, isopor, sungas e biquínis de todas as cores e tipos! Enquanto isso eu só penso no quanto cairia bem naquele momento atolar a minha cara na neve… Sonho!

Quem me conhece sabe que nasci no lugar errado. Afinal, o Rio de Janeiro é mesmo lindo, mas pra alguém que adora frio, só faz viagens pro exterior no inverno (pra aproveitar o frio), adora se vestir toda de preto (que combina mais com o frio) e que possui as pernas mais brancas de todo o bairro de Copacabana (porque, simplesmente, não vai à praia, embora ela esteja quase na esquina), realmente, esta pessoa tem alguma coisa errada.

Se pra alguns o verão é sinônimo de praia, pra mim a palavra de ordem nesta época é ar-condicionado! Canonizar o moço que inventou este aparelho tão espetacular seria um bom negócio. Uma homenagem à altura, eu considero!

Quando olho a moça do tempo falando que o lugar que vai fazer mais calor naquele dia no Brasil é o Rio de Janeiro, seguido da imagem de um solzinho brilhando ao lado de 45 graus eu me pergunto: com tanto lugar pra nascer no mundo, por que eu vim nascer logo aqui, Senhor? Por quê?

Percebi este ano que o Rio de Janeiro tem sido mais quente do que lugares considerados mais quentes, tipo Cuiabá e Tocantins, lugares que a gente sabe que não possuem nem uma brisa fresca, nem uma sombra suave pra dar um respiro na rua. Ou seja, carioca tá frito mesmo… Literalmente!

É por isso que eu digo que o que cairia bem neste momento não é nem uma taça de prosecco bem gelado, nem os 20 milhões da Mega-Sena: o que cairia bem é a temperatura! Se bem que, se eu ganhasse na Mega-Sena agora, eu poderia ver um pouco de neve e me refrescar em algum lugar do mundo, né? Hum…

E você? Também é como eu? Também morre com as altas temperaturas do Rio de Janeiro e do Brasil nesta época? Então aproveita pra assistir de novo ao vídeo “Deu a Louka: Verão”, que tá lá no canal Deu a Louka (link: https://www.youtube.com/watch?v=WGK6AvF-FBY).

Com certeza é o vídeo mais autobiográfico que já fiz! Lá você vai ver algumas situações complicadas pelas quais a nossa personagem Lolô passou no último verão! Corre lá e assiste! Antes que derreta… Aff!

Bjs!

By Andrea Nascimento

Siga: @andreanascimentoficial

Quer falar comigo? Manda um e-mail pra mim: contato@andreanascimento.com

Deixe seu comentário